O comando eletrônico da MCH é projetado para regular-se automaticamente com possíveis variações de vazão. Quando a vazão do rio baixa, como em épocas de seca, a MCH regula automaticamente a geração para tirar a maior potência disponível naquele momento (sem regulagem automática a geração tende a perder eficiência com oscilações na vazão). E se, por algum motivo, a vazão cessar em um determinado momento, a geração é interrompida, voltando a gerar automaticamente assim que a água voltar a passar pela turbina.